Riscos ocupacionais: o que são e como classificá-los

Os riscos ocupacionais no local de trabalho são causas comuns de acidentes, redução da produtividade dos funcionários, aumento da taxa de absenteísmo. Saber distinguir e sugerir medidas preventivas é essencial para uma boa gestão de SST.

É importante explicar os cinco tipos de riscos ocupacionais existentes, analisá-los junto com o perfil da empresa e determinar a ocorrência desses problemas durante o horário de trabalho.

Você conhece todos os riscos ocupacionais? No artigo abaixo citamos todos e falamos um mais de cada um, veja!

Riscos ocupacionais - Biológicos
Riscos biológicos!

Riscos Ocupacionais

Riscos Físicos

Os riscos físicos compreendem a umidade, vibração, ruído, frio, calor, ionização e radiação não ionizante e pressão anormal. Limites de exposição e medidas de segurança devem ser tomadas para cada um desses riscos físicos.

Para os trabalhadores que estão freqüentemente expostos ao ruído, é necessário estimar a intensidade do som e o tempo de exposição em decibéis. Este conjunto de parâmetros decidirá como usar o equipamento de proteção individual para minimizar futuras deficiências auditivas.

Para radiação não ionizante (microondas, UV, laser) ou vibração, é necessário equipamento de exposição pessoal em qualquer nível de exposição.

Riscos Químicos

Agentes químicos são substâncias que podem ser consideradas como orgânicas ou inorgânicas, naturais ou sintéticas e sem vida própria, que podem estar presentes no ambiente de trabalho e podem ser absorvidas pelo organismo, causando efeitos adversos às pessoas expostas. Os riscos químicos podem ser classificados da seguinte forma: Gases, Vapores, poeiras e outros tipos de aerossóis. Para estimar a exposição aos riscos químicos, você precisa considerar o tipo de reagente químico, sua toxicidade associada e o tempo máximo de contato.

Certos produtos químicos devem ser manuseados em um curto intervalo de tempo, já outros produtos químicos requerem precauções especiais, como neutralização dos agentes e medidas de proteção para misturas inflamáveis ​​ou tóxicas.

Para os trabalhadores expostos a esses produtos, recomenda-se também a utilização de equipamentos de proteção individual para a inalação de gases, como máscaras de proteção, respiradores faciais, e outras recomendações.

Para mais detalhes sobre os riscos químicos, clique aqui para o artigo completo sobre o assunto!

Riscos biológicos

Este grupo inclui microrganismos como vírus, bactérias, fungos e outros extratos biológicos. Recomenda-se medidas de segurança individuais e coletivas, baseadas na patogenicidade dos microrganismos e na atividade executada.

O equipamento de proteção individual deve evitar a contaminação do colaborador e a difusão de substâncias nocivas no meio ambiente.

As atividades que podem levar a insalubridade de grau máxima são com pacientes em isolamento, com contato a objetos não esterilizados ou com exposição a rejeitos orgânicos sem a proteção individual adequada.

Neste link encontra-se um artigo completo sobre riscos biológicos, não deixe de ver!

Riscos ergonômicos

Riscos ergonômicos são todos aqueles riscos que envolvem movimentos repetidos, estresse físico, má postura, estresse, longa jornada de trabalho, etc. Estes podem ser avaliados por meio de um laudo ergonômico, documento este que pode especificar os riscos e também propor medidas preventivas de conforto e bem-estar para os colaboradores.

As vantagens da ergonomia precisam ser levadas em conta ao sugerir uma ação corretiva.

Temos dois artigos muito bons sobre teste assunto, clique nos links e veja:
O que é ergonomia?
Acidentes ergonômicos: Saiba o que são e como evitá-los

Risco de acidentes

Nesse grupo, pode haver circunstâncias que podem causar acidentes, como fios expostos, iluminação inadequada, equipamentos não calibrados, ferramentas inadequadas, piso desnivelado, e muitos outros eventos perigosos que podem causar acidentes no ambiente de trabalho. Em todos esses casos, é importante tomar medidas corretivas e preventivas, além do treinamento contínuo com com os funcionários da empresa.

Riscos ocupacionais - ergonomia
Riscos ergonômicos!

Os riscos ocupacionais são eventos que exigem monitoramento contínuo para evitar acidentes com os colaboradores. Além do treinamento contínuo, os gestores de SST da empresa devem cumprir as regras do Ministério do Trabalho, como as normas regulamentadoras, e garantir a segurança coletiva e pessoal.

Um ambiente seguro é um ambiente que não comprometa a integridade dos funcionários. Medidas protetivas devem ser eficazes para garantir a saúde mental e física no ambiente de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui