O que é absenteísmo?

O absenteísmo, de um modo geral, refere-se à ausência de um funcionário no local de trabalho.

Entre os chamados fatores humanos no processo de trabalho, que incluem as chamadas doenças ocupacionais e rotatividade de pessoal, o absenteísmo é um dos efeitos mais devastadores no processo de trabalho e ao suporte social do empregado.

Nesse sentido, o absenteísmo é caracterizado por um duplo efeito: do ponto de vista do empregado, a possibilidade de descontos no salário, demissão ou outros problemas relacionados; do ponto de vista da organização do trabalho, a complexidade da implementação do trabalho planejado e as perdas associadas.

Como reduzir o índice de absenteísmo no trabalho

Causas do absenteísmo

O absenteísmo pode ser atribuído pelas razões conhecidas e as razões ignoradas.

Entre os conhecidos, todos são apoiados por lei e, portanto, justificados ao empregador, exigindo permissão para sua ausência.

Isso se aplica a férias, casamentos, nascimentos, mortes e alterações de endereço.

Os ignorados, em regra, são justificados por problemas de saúde do empregado e / ou seus dependentes ou fatores aleatórios variados.

As principais razões para o absenteísmo são: uma doença realmente comprovada e não comprovada, vários motivos familiares, atrasos involuntários ou motivos de força maior, ausência voluntária por motivos pessoais, dificuldades e problemas financeiros, problemas com transporte, baixa motivação para o trabalho, precariedade na supervisão, política organizacional inadequada.

Acidentes do trabalho também podem ser a causa do alto índice de absenteísmo na empresa, sabia?

Como lidar com a ausência ao trabalho?

Absenteísmo no trabalho

Quando falamos de políticas de absenteísmo destinadas a prevenir as causas-raiz, queremos dizer as medidas específicas que a empresa toma e que são basicamente as seguintes:

a) Medidas processuais, administrativas ou disciplinares que impedem ou contribuem para a falta ao trabalho (por exemplo: falta de segurança no local de trabalho, perda de salários e / ou subsídios por assistência, auxílio doença pago ou não pela empresa, exames de demissão realizados por um médico em sua especialidade);

b) Medidas preventivas destinadas aos indivíduos e fortalecendo sua capacidade de trabalhar (por exemplo: exames médicos periódicos, vacinação, treinamento, equipamentos de proteção individual contra riscos ocupacionais, educação em saúde);

c) Medidas preventivas destinadas ao ambiente de trabalho físico e psicossocial do trabalho, a fim de neutralizar, reduzir ou minimizar a incompatibilidade entre os requisitos do trabalho e a capacidade da pessoa de responder (por exemplo, a criação sustentável de um ambiente de trabalho saudável e seguro e produtividade, participação na organização e gestão do trabalho, participação no sistema de gestão de pessoas);

d) E finalmente, medidas de reintegração, isto é, focadas na reintegração e reabilitação no local de trabalho, facilitando e acelerando o retorno ao trabalho (por exemplo: apoio social do grupo de trabalho, políticas de incentivo, serviços ou programas de reabilitação no local de trabalho).

E aí, pessoal, resta alguma dúvida sobre o que é e o que pode causar absenteísmo numa empresa? Se sim, pergunta nos comentários.

Se você tem alguma ideia de pauta para o site, deixa a dica nos comentários ou manda no nosso e-mail que se encontra mais abaixo aqui no site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui