Antes de realizar as análises quantitativas de agentes químicos é necessário definir uma estratégia, assim você pode ter nos resultados das avaliações que serão realizadas. Neste artigo iremos abordar como você pode realizar essas amostragens e os métodos que podem ser utilizados.

Para realizar a amostragem de um agente químico é necessário fazer um estudo de caso e assim montar uma boa estratégia para que você, prevencionista, possa aproveitar o máximo dos dados que você deseja obter. Assim separamos em quatro estágios, para assim facilitar o entendimento.

Análises Quantitativas de Agentes Químicos

Métodos de amostragem para agentes químicos

Primeiramente você deve definir a metodologia que você deve seguir para realizar a coleta. Podemos utilizar as metodologias desenvolvidas por várias instituições, que são a NIOSH, OSHA, ACGIH e etc.
Esse métodos nos mostram qual o agente que deve ser analisado, o tipo de amostrador que será utilizado, o volume de faar a ser captado na coleta e a vazão que será utilizada durante a amostragem.

Locais de trabalho

A escolha do local de trabalho ideal para realizar a análise quantitativa de agentes químicos é determinada na avaliação qualitativa que você fará, avaliando o local da fonte geradora, o tempo de permanência do usuário no local de trabalho e etc. O ideal é utilizar GHE (Grupo Homogêneo de Exposição), assim você pode escolher colaboradores aleatoriamente e realizar as amostragens. Assim você consegue comparar o dados e definir sua estratégia para as medidas de prevenção que irá tomar.

Número de amostragens a serem realizadas

Quanto mais você puder fazer, melhor. Assim você consegue obter um banco de dados para análise dos resultados enriquecedor, ajudando na sua estratégia para as medidas de prevenção a serem realizadas.
Mas o interessante é distribuir adequadamente as avaliações químicas que você deve fazer, estudando bem o local e levando em consideração o tempo do ciclo de trabalho, a distância em que os colaboradores ficam da fonte geradora, o tempo de permanência, a utilização do grupo homogêneo e etc.
Assim você consegue ter um número menor de amostras e um custo benefício apropriado.

Tempo de amostragem

Antes de realizas as análises quantitativas de agentes químicos você deve estudar bem o laboratório que você vai contratar para fazer as análises dos amostradores.
Hoje em dia, quase todos os laboratórios que realizam essas análises dispõem uma tabela com os agentes químicos a serem analisados, a metodologia (NIOSH, OSHA, etc), a vazão da coleta (mínima, máxima ou fixa) e o volume de coleta (mínima, máxima ou fixa).
A partir dos dados que o laboratório disponibiliza, você consegue chegar no tempo ideal para realizar as amostras dos agentes. Mas o ideal é que a amostragem deve ser realizada em condições normais de trabalho, em períodos de efetiva realização das atividades a serem avaliadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui